Envolva-se e seja parceiro da UNESCO

UNESCO na América Latina e no Caribe

A UNESCO e seus parceiros implementam mais de 150 programas para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na América Latina e no Caribe.

A Estratégia Abrangente de Parceria da UNESCO (Comprehensive Partnership Strategy) é firmemente ancorada na Agenda 2020 para o Desenvolvimento Sustentável e está no centro do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 17 (ODS 17): Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Os ODS somente poderão ser alcançados com parcerias robustas e com uma forte cooperação, as duas em âmbito mundial. Esses objetivos são o modelo para alcançar um futuro melhor e mais sustentável para todos. Eles abordam os desafios globais que enfrentamos, incluindo pobreza, desigualdade, mudança climática, degradação ambiental, paz e justiça.

Uma agenda de desenvolvimento bem-sucedida requer parcerias inclusivas – nos âmbitos mundial, regional, nacional e local –, construídas sobre princípios e valores e também sobre uma visão e objetivos compartilhados que colocam as pessoas e o planeta no centro.

Muitos países requerem Assistência Oficial ao Desenvolvimento (AOD) para estimular o crescimento e o comércio. No entanto, os níveis de ajuda estão caindo, e os países doadores não têm cumprido seus compromissos de aumentar o financiamento para o desenvolvimento.

Devido à pandemia da COVID-19, prevê-se que a economia mundial vai se contrair de maneira acentuada, em 3% no ano de 2020, passando por sua pior recessão desde a Grande Depressão. Atualmente, uma cooperação internacional forte é mais necessária do que nunca para garantir que os países tenham meios para se recuperar da pandemia, reconstruir-se de uma forma melhor e alcançar os ODS.

Razões para engajar-se com a UNESCO

Realizar parceria com a UNESCO é um compromisso com os mais altos padrões de equidade, justiça, responsabilidade e excelência. A UNESCO conta com um conjunto amplo de parceiros para cumprir sua missão e implementar seus programas.

Com a UNESCO

Os Estados-membros podem concentrar sua ajuda no desenvolvimento internacional em questões estratégicas, países ou regiões com maiores dificuldades, e grupos-alvo em situações de vulnerabilidade. 

Os governos – tanto nos âmbitos regional e nacional, como estadual e municipal –  podem aumentar sua própria capacidade ao utilizar a força e a credibilidade de uma organização internacional imparcial para reforçar estratégias nacionais e promover cooperação técnica.

Organizações e bancos de desenvolvimento podem se engajar no pensamento do multilateralismo efetivo por meio da parceria com uma organização respeitável e confiável com presença mundial; uma construtora de pontes entre aspirações locais e governança mundial fundamentadas em valores universais; e que conta com uma rede dinâmica, que inclui governos, acadêmicos e sociedade civil.

As empresas do setor privado podem associar seus nomes com uma marca mundial conhecida internacionalmente; uma organização catalizadora capaz de formar sinergias e provocar mudança; e uma pioneira que molda a paisagem mundial.

Organizações da sociedade civil, empresas de mídia, embaixadores de boa vontade, artistas e cidadãos podem usar seu talento e know-how para construir a paz nas mentes de mulheres e homens por todo o mundo.

Quem são os parceiros da UNESCO?

Os parceiros abrangidos pela estratégia incluem o Sistema de Desenvolvimento das Nações Unidas; os doadores; os principais elementos constituintes, como jovens, cidades e empresas; as organizações não governamentais (ONGs) e as organizações da sociedade civil (OSCs);
as organizações intergovernamentais, incluindo organizações regionais; e os “parceiros da família da UNESCO”, tais como:

Um de nossos parceiros no Brasil é a Comissão Nacional da UNESCO:

Como a UNESCO se engaja com seus parceiros?

A UNESCO se envolve com seus parceiros na implementação de programas, na mobilização e no financiamento de recursos, na troca de conhecimentos e na aprendizagem compartilhada, bem como em ações conjuntas de defesa (advocacy), facilitação e coordenação.

A Representação da UNESCO no Brasil é uma agência especializada das Nações Unidas que presta cooperação técnica aos parceiros governamentais, por meio de acordos de cooperação técnica, e aos demais parceiros, como aqueles do setor privado, por meio de acordos de parceria. A UNESCO não concede apoio institucional nem dispõe de recursos próprios para apoiar financeiramente iniciativas pontuais, sejam elas de pessoa física ou do terceiro setor, salvo aquelas que tenham tido uma participação técnica da UNESCO desde a sua concepção ou estejam inseridas no âmbito dos supracitados acordos.