News

Com apoio da UNESCO, seminário virtual abordará trabalho social e desenvolvimento econômico do setor criativo em Santos-SP

23/06/2020
11 - Sustainable Cities and Communities

Seminário “Santos Criativa Virtual – Outros olhares para a Cidade” será transmitido ao vivo pelos canais do Santaportal e da Unisanta no YouTube

Promovido pelo Sistema Santa Cecília de Comunicação e a Universidade Santa Cecília (Unisanta), o seminário virtual “Santos Criativa – Outros olhares para a Cidade” acontece hoje (23), terça-feira, às 18 horas. O evento tem como objetivo mostrar o trabalho social e o desenvolvimento econômico do setor criativo em Santos-SP, por meio de debates que contarão com a presença de autoridades e profissionais da área.  

A cidade de Santos foi escolhida para sediar o 14º Encontro Anual de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), que acontece pela primeira vez na América Latina. O conceito de Economia Criativa inclui um novo olhar sobre os modos de produção econômica, relacionados com o capital intelectual.

Programação - O seminário, que tem como tema "Criatividade, caminho para a igualdade”, mudou seu formato tradicional devido à pandemia do novo coronavírus. Nesta edição, o encontro será transmitido pela plataforma Zoom, podendo ser visto nos canais do Santaportal e da Unisanta no YouTube. 

A abertura do evento contará com a presença do Secretário Estadual de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, do prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, da reitora e da presidente da Unisanta, respectivamente profa. dra. Sílvia Teixeira Penteado e profa. dra. Lúcia Teixeira, do pró-reitor Administrativo, dr. Marcelo Teixeira, da Diretora e Representante da UNESCO no Brasil, Marlova Noleto, da coordenadora-geral de Meio Ambiente, Cultura e Economia Criativa do Ministério do Turismo, Nicole Ferreira Facuri, e do secretário de cultura de Santos, Rafael Leal. 

Na sequência, a partir das 18h30, serão realizadas duas mesas de debate não simultâneas. A primeira tem como tema “Outros olhares para a cidade”. O bate-papo contará com a mediação do jornalista Gustavo Klein, editor-chefe do Santaportal, e um elenco de debatedores composto pelo doutor em Ciências da Comunicação e fundador da 2Ci – consultoria de conteúdo capacitação inovação na economia criativa, José Carlos Aronchi, pela realizadora de eventos de economia criativa, Flávia Saad, e pelo professor universitário e ex-secretário municipal de Governo de Santos, responsável pela pasta de Economia Criativa na prefeitura da cidade, Rogério Santos. 

A segunda mesa será mediada pela integrante do Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Santos e ponto focal deste programa da UNESCO no município, Selley Storino, que conduzirá uma conversa com a pauta: “O cenário das cidades brasileiras no enfrentamento da Pandemia pela Economia Criativa”.  

Entre os debatedores estão a oordenadora-geral de Meio Ambiente, Cultura e Economia Criativa Ministério do Turismo, Nicole Ferreira Facuri, a secretária-adjunta de cultura de Santos, Raquel Pelegrini, além de representantes das dez cidades brasileiras reconhecidas com o título de Cidades Criativas da UNESCO: Santos (SP) no cinema; Belém (PA), Florianópolis (SC), Paraty (RJ) e Belo Horizonte (MG) no campo da gastronomia; Brasília (DF), Curitiba (PR) e Fortaleza (CE) em design; João Pessoa (PB) em artesanato e artes populares; e Salvador (BA) na música.

O evento conta com o apoio da UNESCO no Brasil, Prefeitura de Santos, Sebrae, Bluemed e CDL Praia. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas acessando o site do evento.    

Cidade Criativa - Santos está, desde 2015, no seleto grupo de Cidades Criativas da UNESCO e foi nomeada pelo seu patrimônio no campo do cinema (uma das seis categorias de nomeação), sendo uma das oito cidades no mundo e a única no Brasil com esse título. A escolha como cidade-sede do evento anual, que reúne representantes da Rede de Cidades Criativas da UNESCO de todo o mundo, ocorreu por meio de uma votação feita em Cracóvia, na Polônia, onde Santos concorreu com outras sete localidades. 

O encontro terá como foco a economia criativa, um conceito pouco conhecido, dividido em quatro eixos (patrimônio, artes, mídia e criações funcionais), que serão abordados no evento com a proposta de um novo olhar sobre as estratégias das cidades para o progresso econômico e promoção cultural, usando do capital intelectual e criativo para abordar os desafios e avançar para fornecer espaços mais equilibrados e igualitários, portanto mais frutíferos nesses meios urbanos.  

A proposta se expande ao tratar da questão do trabalho, mostrando a quantidade representativa de pessoas em ocupações criativas, formal e informalmente, por todo o mundo e ressaltando a importância da organização desse setor, que trabalha com a criatividade, um fator indispensável em momentos vulneráveis como o atual.  

Todo esse contexto representa uma oportunidade de exposição, em âmbito internacional, do desenvolvimento econômico santista e dos trabalhos sociais desenvolvidos, que, aliados ao fator econômico, trazem avanços ao município.