Desafios e oportunidades para uma cultura de paz no Brasil pós-COVID-19

21/10/2020
16 - Peace, Justice and Strong Institutions

A busca pela paz é fundamental para a realização da missão da Organização das Nações Unidas (ONU) no mundo. Por meio de sua Assembleia Geral, a ONU designou a UNESCO como a agência líder para a implementação de todas as resoluções relacionadas à cultura de paz. Essa missão não está restrita apenas à prevenção de conflitos, mas também no estabelecimento de valores que reflitam os princípios de liberdade, justiça, democracia e direitos humanos. O Preâmbulo da Constituição da UNESCO nos lembra que: “Uma vez que as guerras começam na mente dos homens, é na mente dos homens que as defesas da paz devem ser construídas”. Essa redefinição de paz abrange reflexões sobre questões importantes, como é o caso da violência estrutural relacionada ao gênero e o papel crucial dos jovens como agentes de paz positiva.

Com a finalidade de debater esses temas tão oportunos é que a UNESCO organiza o Fórum Internacional da Paz de Nanjing 2020, que discute também novos caminhos para alcançar a compreensão intercultural por meio da tolerância, solidariedade, justiça social e inclusão. Devido à pandemia, o Fórum assume um formato híbrido, com sessões realizadas em Nanjing (China), que conta com a presença de convidados locais, e sessões regionais, realizadas online em vários locais ao redor do mundo, inclusive no Brasil.

O Fórum regional realizado no Brasil tem como tema "Desafios e oportunidades para uma cultura de paz no Brasil pós-COVID-19", e aborda a atual crise como uma oportunidade para promoção da cultura de paz. Durante o Fórum também será discutido os resultados de recente publicação da CEPAL sobre o impacto da pandemia na América Latina “The Social Challenge in Times of COVID-19” e suas consequências nos âmbitos sociais, ambientais e de justiça no país. O evento será mediado pela Diretora e Representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, e trará como palestrantes a co-fundadora da Associação Palas Athena, Lia Diskin; o Desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Leoberto Brancher; a Secretária Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, Eliane Jocelaine; o Diretor Presidente da YouGreen Cooperativa, Roger Koeppl; e o Diretor da CEPAL no Brasil, Carlos Mussi.