News

Jornalismo Imparcial e Sem Medo é o tema do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

01/05/2020
16 - Peace, Justice and Strong Institutions

O dia 3 de maio serve como um lembrete aos governos sobre a necessidade de respeitar seu compromisso com a liberdade de imprensa e também é um dia de reflexão entre os profissionais da mídia sobre questões de liberdade de imprensa e ética profissional. Igualmente importante, o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa é um dia para podermos apoiar a mídia que tem sido alvo da restrição ou da ausência da liberdade de imprensa. É também um dia para lembrarmos os jornalistas que perderam suas vidas na busca de uma notícia.

Todos os anos, 3 de maio é uma data que celebra os princípios fundamentais da liberdade de imprensa, para avaliar a liberdade de imprensa em todo o mundo, defender a mídia contra ataques à sua independência e prestar homenagem aos jornalistas que perderam a vida no exercício de suas profissões. O Dia Mundial da Liberdade de Imprensa foi proclamado pela Assembleia Geral da ONU, em 1993, após uma recomendação aprovada na 26a sessão da Conferência Geral da UNESCO, em 1991. Por sua vez, foi uma resposta a um apelo de jornalistas africanos que, em 1991, produziram o marco da Declaração de Windhoek sobre pluralismo e independência da mídia.

No centro do mandato da UNESCO está a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão. A UNESCO acredita que essas liberdades permitem o entendimento mútuo para construir uma paz sustentável.

Essa abordagem serve como uma oportunidade para informar os cidadãos sobre violações à liberdade de imprensa - um lembrete de que, em dezenas de países em todo o mundo, as publicações são censuradas, multadas, suspensas e encerradas, enquanto jornalistas, editores e profissionais de imprensa são perseguidos, atacados, detidos e até assassinados.

É uma data para incentivar e desenvolver iniciativas em favor da liberdade de imprensa e avaliar o estado da liberdade de imprensa em todo o mundo.

 

NOTÍCIA IMPORTANTE:

Conferência Mundial sobre Liberdade de Imprensa 2020
Novas datas: 18 - 20 de outubro
A Conferência Mundial sobre Liberdade de Imprensa 2020 foi adiada devido às incertezas com relação às condições de viagens.  

Devido ao surto de COVID-19, o Ministério das Relações Exteriores dos Países Baixos, em estreito diálogo com a UNESCO, decidiu adiar a Conferência Mundial da Liberdade de Imprensa 2020. A principal preocupação dos organizadores é garantir a saúde de todos os envolvidos e garantir um alto nível de participação das partes interessadas em todo o mundo.

A UNESCO e os Países Baixos planejavam realizar a Conferência Mundial da Liberdade de Imprensa (WPFC) de 22 a 24 de abril no Fórum Mundial em Haia. A conferência agora está agendada para os dias 18 a 20 de outubro no mesmo local. Será uma celebração conjunta do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa (3 de maio) e do Dia Internacional pelo Fim da Impunidade dos Crimes contra Jornalistas (2 de novembro).

A decisão de adiar a conferência foi tomada para minimizar custos e riscos para todos os envolvidos, logo após a Organização Mundial da Saúde declarar, em 11 de março, a COVID-19 como uma pandemia global.

O planejamento da conferência estava em andamento, com mais de 1.000 participantes registrados e 60 sessões confirmadas programadas para ocorrer ao longo de três dias. O programa incluiu o primeiro fórum internacional de atores jurídicos, uma conferência acadêmica sobre segurança de jornalistas, um festival de liberdade de imprensa voltado para jovens e a cerimônia de premiação do Prêmio Mundial da Liberdade de Imprensa da UNESCO / Guillermo Cano, entre muitas outras sessões. As redes mais importantes de partes interessadas da mídia já confirmaram sua presença. Os organizadores da conferência convidam todos os parceiros a continuarem participando deste evento e trabalharão para garantir a mesma programação com um nível ainda maior de participação em outubro.

 

Prêmio Mundial da Liberdade de Imprensa UNESCO / Guillermo Cano
O vencedor do Prêmio Mundial da Liberdade de Imprensa UNESCO / Guillermo Cano 2020 será anunciado em 3 de maio. A cerimônia de premiação será realizada na Conferência de Haia, em outubro.

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa
As celebrações nacionais e locais do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa ocorrerão em todo o mundo no dia 3 de maio. Alguns dos eventos terão a forma de debates e workshops online. A UNESCO lançará uma campanha global sobre mídia e mídia social para o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa (3 de maio).
Conferência Mundial sobre Liberdade de Imprensa
Organizada anualmente desde 1993, a Conferência Global da WPFD oferece uma oportunidade para jornalistas, representantes da sociedade civil, autoridades nacionais, acadêmicos e o público em geral para discutirem desafios emergentes à liberdade de imprensa e segurança dos jornalistas e trabalhar juntos na identificação de soluções.
Os Países Baixos são os anfitriões de 2020. A conferência dura três dias e atrairá 1.500 a 2.000 visitantes de todo o mundo.

 

Outras atividades da UNESCO relacionadas ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa:

Prêmio UNESCO / Guillermo Cano
Promover a Liberdade de Expressão 
Observatório da UNESCO sobre Jornalistas Assassinados 
Competição de design "Jornalismo Imparcial e Sem Medo"
Fundação Helsingin Sanomat renova seu apoio ao Prêmio Mundial sobre Liberdade de Imprensa da  UNESCO / Guillermo Cano
Dia Mundial da Liberdade de Imprensa 2019: conferência acadêmica sobre a segurança de jornalistas 

 

Assuntos relacionados:

Comemorações passadas 

Resolução adotada pela Conferência Geral da UNESCO em 1991

Declaração de Adis Abeba

Organizadores e parceiros 

PREsstival Day 

Material de apoio do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa