A juventude pede mais participação nas Reservas da Biosfera Ibero-Americanas

20/12/2018

De 5 a 8 de dezembro de 2018, 89 participantes se reuniram no Equador para o 1º Fórum de Jovens do IberoMAB, organizado pela Programa da UNESCO do Homem e da Biosfera (MAB). O evento foi uma oportunidade para discutir o papel das gerações mais jovens que trabalham, estudam ou vivem em Reservas da Biosfera na região, que inclui a América Latina, o Caribe, Portugal e Espanha. Foi realizado na emblemática Reserva da Biosfera Fronteiriça Bosques da Paz, na fronteira entre Equador e Peru.

Em representação de 43 Reservas da Biosfera de 23 países, os jovens participaram debates, trabalhos em grupo e sessões plenárias, onde puderam expor seus atuais desafios e propostas para aumentar a participação da juventude. Por exemplo, eles expressaram seu desejo de uma governança mais horizontal, inclusiva e transparente nas Reservas da Biosfera, em particular em temas sociais, políticos, econômicos, educacionais, culturais e ambientais. “Se o objetivo é criar políticas para a juventude, a juventude deve ser ouvida e liderar o processo”, afirmou Rodrigo Lopez da Reserva da Biosfera Mariñas Coruñesas and Terras del Mondeo na Espanha.

A maioria dessas reivindicações conta na Declaração Final do Fórum, que incluiu a criação oficial da Rede de Jovens das Reservas da Biosfera Ibero-Americanas e do Caribe com representação de dois níveis: um representante de cada Reserva da Biosfera e um de cada país. A ideia é participar diretamente em órgãos de governança e na Rede IberoMAB. Essa declaração foi enviada ao Presidente da Rede IberoMAB e todos os Comitês Nacionais do Programa MAB.

O evento de quatro dias também incluiu uma Feira da Juventude e uma Noite Cultural, onde os participantes puderam expor os produtos e projetos de suas Reservas da Biosfera e, depois, ouvir e dançar as músicas tradicionais do Equador. Uma tarde de passeios na Reserva da Biosfera Bosques de Paz fechou as atividades.

“Estou levando muitas ideias e práticas que ouvi dos companheiros aqui”, disse Jesenia Castillo de Yasuni no Equador. “Quando digo ‘companheiros’, falo com convicção, porque pudemos ver claramente que, mesmo vindo de diferentes países e realidades, compartilhamos esse desejo de preservar nossas Reservas da Biosfera e criar oportunidades de desenvolvimento sustentável”, agregou.

O Fórum foi organizado com apoio dos governos do Equador e Peru, a Mancomunidad de Bosque Seco, o cantão de Paltas e a Universidade Nacional de Loja. Foi patrocinado pelo Governo de Flandres do Reino da Bélgica, a Fundação Albertis, o Governo da Espanha através da Órgão Autônomo para os Parques Nacionais (OAPN) e a Cooperação Espanhola no Equador, a UNESCO Extea, Itaipu Binacional, a Universidade San Francisco de Quito e o Galapagos Conservation Trust.

  • Baixe a Declaração da Juventude IberoMAB nas seguintes versões:

Inglês | Francês | Português | Espanhol