Story

Literatura e arte ajudam a cidade de Slemani (Iraque) a lidar com a COVID-19

03/04/2020
03 - Good Health & Well Being

Slemani, uma cidade do Iraque, tornou-se uma Cidade Criativa da Literatura da UNESCO em 2019. A literatura tem um papel ativo no desenvolvimento cultural e econômico de Slemani - um centro cultural regional.

A literatura e a criação literária dominam a cidade, que também é uma capital regional da tradução e lar de sete grandes editoras. Hoje a cidade abriga grandes festivais literários, incluindo o Festival Galawezh, fundado em 1996, que convida escritores curdos, árabes, persas, turcos e iraquianos a participar e contribuir com seus trabalhos.

Slemani se concentra em projetar e implementar políticas e medidas para apoiar os criadores e a criação de nova literatura.

Diante do surto de coronavírus, a cidade de Slemani lançou uma iniciativa intitulada ' Literatura e Artes como Companheira e Terapeuta ' para ajudar as pessoas em confinamento a praticar distanciamento social para permanecer resilientes e unidas.

A iniciativa visa apoiar os pacientes COVID-19, em particular, fornecendo-lhes obras e materiais literários criativos e inspirados. Escritores, autores, artistas e jornalistas de outras Cidades Criativas da Literatura foram convidados a compartilhar suas criações e visões otimistas, bem como experiências positivas de vida para ajudar as pessoas a lidar e se recuperar.

Até o momento, as Cidades Criativas da Literatura de Durban (África do Sul), Melbourne (Austrália), Ulyanovsk (Federação Russa), Óbidos (Portugal) e Odessa (Ucrânia) demonstraram interesse e contribuíram para esta iniciativa.

As obras literárias coletadas serão integradas e digitalizadas em uma coleção intitulada ' Cuidar um do outro é um direito humano ' a ser disponibilizada on-line e divulgada entre as cidades criativas participantes.

Links: