News

Luta contra as chamas no Cerrado brasileiro

30/11/2021
15 - Life on Land

O Cerrado brasileiro é a maior região de savana da América do Sul e abriga a Reserva da Biosfera do Cerrado, que engloba as Áreas Protegidas do Cerrado: Chapada dos Veadeiros e Parques Nacionais das Emas, ambas Patrimônio Mundial da Humanidade. O bioma Cerrado também é a savana com maior biodiversidade do mundo, abrigando cerca de 5% da biodiversidade do planeta.
 
A região abriga muitos animais e plantas raros e endêmicos, incluindo o tamanduá-bandeira, tatu-canastra, lobo-guará, onça-pintada, veado-campeiro e também a ema, a maior ave da América do Sul. Além disso, a área abriga muitos pequenos mamíferos ameaçados e aves endêmicas, e pesquisadores continuam a descobrir espécies novas para a ciência.
 
No entanto, o Cerrado enfrenta sérios desafios. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o bioma tem uma das maiores taxas de desmatamento do país e está ameaçado por incêndios cíclicos que podem resultar na extinção de espécies devido ao alto grau de endemismo na região. Os incêndios são tradicionalmente usados para aumentar a produtividade agrícola, mas podem rapidamente ficar fora de controle se não forem gerenciados de maneira adequada. Este ano, os incêndios começaram no dia 12 de setembro e se espalharam rapidamente devido às condições de altas temperaturas, baixa umidade relativa e ventos fortes.
 
Dado esse cenário, o Rapid Response Facility (RRF) forneceu US$ 39.745 para o Instituto Associação Rede Contra Fogo, uma organização da sociedade civil que exerce função central na coordenação dos esforços de combate a incêndios junto às diferentes agências e grupos envolvidos. Esses recursos irão fortalecer as equipes no local, provendo equipamentos essenciais, incluindo um veículo, bombas d'água, sopradores de combate à incêndios e equipamentos de segurança. Alimentos, combustível, equipamentos de comunicação, como drones, e o desenvolvimento de um aplicativo para aparelhos celulares serão essenciais para uma resposta eficaz ao fogo.
 
Essa doação RRF não será usada apenas para proteger as propriedades ecológicas sensíveis que tornam este local tão especial, mas também irá prevenir perdas sociais causadas por danos à infraestrutura, residências e a economia local. A aquisição desses equipamentos para implantação rápida também aumentará a capacidade local das operações de combate a incêndio em longo prazo, o que é de vital importância em face de futuros eventos de incêndios e de extremos climáticos.
 
A RRF agradece à Fondation Franz Weber, Arcadia, Fondation Iris e ao Governo da Noruega pelo seu apoio.