News

Parcerias musicais e foco em educação marcam 36ª edição do show do Criança Esperança

25/08/2021
17 - Partnerships for the Goals

Este ano, a campanha voltou a receber doações do público

“Educação é a nossa esperança”. Esse é o lema da campanha Criança Esperança 2021, que também esteve presente no show de segunda-feira (23 de agosto) à noite. O show contou com a apresentação das cantoras Ivete Sangalo e IZA, da jornalista Maju Coutinho e do apresentador Luciano Huck. Os quatro, todos filhos de professoras, falaram no palco sobre essa experiência, além de apresentarem diversas atrações musicais. O programa também recebeu participações especiais e exibiu vídeos com beneficiados por projetos apoiados pelo Criança Esperança. “O país nunca precisou tanto de esperança. Nossas ruas e nossas casas estão cheias de luto, fome, desemprego e apreensão. O show lembrou desse direito fundamental, que é sonhar com um futuro melhor para cada um e para o país, através das crianças e da educação”, declarou Rafael Dragaud, diretor-executivo do show do Criança Esperança.

No palco do programa, realizado nos Estúdios Globo, Ivete Sangalo se reuniu ao grupo Barões da Pisadinha; Zezé di Camargo e Luciano cantaram com Israel e Rodolffo; e Déa Lúcia fez uma homenagem ao filho, o humorista Paulo Gustavo, e a todas as vítimas da COVID-19, ao lado de IZA e Ivete Sangalo. De São Paulo, o show do Criança Esperança trouxe o dueto entre Luan Santana e Isadora Pompeu, além do trio Emicida, Drika e Majur. Diretamente de Quixadá, no Ceará, Juliette, vencedora do último Big Brother Brasil, interpretou duas músicas ao lado de Wesley Safadão. Já o DJ Alok se apresentou com o grupo Melim e com a cantora Maria Fernanda. “Convidamos cantores que simbolizam bem o Brasil moderno e diversificado. Do sertanejo clássico à pisadinha, tivemos representantes de vários gêneros musicais”, comenta Antonia Prado, diretora artística do show.

A atriz Regina Casé homenageou as mães solo; e Gil do Vigor, participante do último BBB, comandou um vídeo com pessoas que viveram em situação de rua. O economista também foi recebido no palco pelos apresentadores, assim como o ator Babu Santana e a ginasta Rebeca Andrade, que ganhou duas medalhas nas Olimpíadas de Tóquio.

O Criança Esperança 2021 teve sua largada no dia 3 de julho, no Caldeirão do Huck. Os filmes veiculados nos intervalos da programação tiveram como trilha sonora a música “Enquanto Houver Sol”, na voz de Luan Santana e com um especial arranjo instrumentado pela Orquestra Sinfônica Brasileira. Este ano, com o conceito “Educação é a nossa esperança”, a campanha de mobilização social direciona todos os recursos arrecadados para manter na escola as pessoas que mais precisam, por meio do apoio a projetos desenvolvidos em todo o país por organizações da sociedade civil (OSCs).

A UNESCO está muito feliz que o foco do Criança Esperança deste ano seja a educação, que transforma vidas e é a melhor forma de criar oportunidades para empoderar pessoas e construir um futuro mais justo para todos. A educação é um direito humano fundamental que promove sociedades mais justas, equitativas e inclusivas, além de ser um alicerce para o desenvolvimento sustentável. Durante a pandemia da COVID-19, a educação foi duramente afetada, no Brasil e no mundo, com crianças, adolescentes e jovens longe das salas de aula. Agora é o momento de assegurar que todos possam retornar de forma segura para a escola, esse território sagrado não apenas para a aprendizagem, mas também como parte essencial da rede de proteção social. É com muito orgulho que a UNESCO é parceira da TV Globo no Criança Esperança, programa que, há 36 anos, contribui para promover o desenvolvimento humano e a inclusão social dos mais vulneráveis

Marlova Jovchelovitch Noleto, diretora e representante da UNESCO no Brasil.

Nomes como Luciano Huck, Tati Machado, Cauã Reymond, Fátima Bernardes e Tony Ramos, entre outros, participaram das peças da campanha, além de pessoas beneficiadas pelos projetos apoiados pelo Criança Esperança. Como no ano passado, a VIU Hub, unidade de negócios digitais da Globo, liderou a ação “Rede de esperança” nas mídias sociais. A cantora IZA foi quem iniciou essa grande corrente em sua rede social que reuniu influenciadores, convidando o público a participar desse movimento que beneficia tantos adolescentes e jovens no Brasil.

Entre os dias 21 e 23 de agosto, a programação da TV Globo foi invadida pelos Mesões da Esperança. Diversos talentos passaram por eles, de forma presencial ou virtual, atendendo aos telefonemas do público que doou para a campanha. Durante sua programação, os canais GNT, GloboNews, SporTV, Multishow e Gloob também exibiram entradas com talentos que participaram virtualmente dos Mesões. 

A campanha segue recebendo doações, que podem ser feitas até o dia 31 de agosto pelo telefone, e durante todo o ano pelo site do Criança Esperança (www.criancaesperanca.com.br) e pelo Pix esperanca@unesco.org.
 

Sobre o Criança Esperança

Há 36 anos, o programa Criança Esperança cria oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens em todo o Brasil. Até hoje, mais de R$ 420 milhões em doações foram investidos em mais de 6 mil projetos sociais, beneficiando mais de 4 milhões de crianças, adolescentes e jovens em todo o país. Os recursos arrecadados são depositados diretamente na conta da UNESCO, que é responsável pela seleção de projetos – por meio de edital público, realizado anualmente –, além de monitorar e realizar o acompanhamento técnico e financeiro das instituições apoiadas. O Criança Esperança é uma campanha de milhões de brasileiros, uma parceria Globo e UNESCO.