Press release

Relatório da UNESCO mostra que o reforço das capacidades de engenharia é crucial para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

03/03/2021

Por ocasião do Dia Mundial da Engenharia para o Desenvolvimento Sustentável, celebrado amanhã (4/03), a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) lançará no mesmo dia o seu segundo relatório sobre o tema. Com o nome Engineering for Sustainable Development: Delivering on the Sustainable Development Goals (Engenharia para o Desenvolvimento Sustentável: Cumprindo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, em tradução livre), , a publicação aponta que, apesar da alta demanda mundial pelo setor, ainda existem disparidades regionais específicas, e destaca que apenas um esforço conjunto no âmbito global poderá enfrentar esses desafios. 

O relatório mostra que as capacidades de engenharia atualmente no mundo são insuficientes para alcançar os ODS e indica também a falta de diversidade de gênero no setor. A publicação destaca como a igualdade de oportunidades para todos é fundamental para garantir uma profissão inclusiva e equilibrada, capaz de aproveitar todo seu potencial. 

A engenharia é uma das chaves para o desenvolvimento sustentável de nossas sociedades e, para ativar todo o seu potencial, o mundo precisa de mais engenheiros e mais igualdade.

Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO

A publicação observa ainda que “a situação sem precedentes apresentada pela pandemia de COVID-19 revelou a natureza interconectada das sociedades e como as inovações científicas, por meio da implementação efetiva da engenharia, podem aumentar a resiliência”.

O relatório apresenta um panorama das inovações e ações da engenharia que estão contribuindo para o cumprimento dos ODS, com contribuições de autores de todas as regiões do mundo. O documento destaca o papel essencial da engenharia no cumprimento de cada um dos 17 ODS e explica a importância de se promover o engajamento entre os engenheiros.

O relatório também demonstra como as inovações de engenharia e novas tecnologias, especialmente aquelas que usam tecnologias de informação e comunicação e dados, estão transformando nosso mundo para melhor. Mais importante ainda, demonstra como a engenharia é vital para resolver os problemas críticos de hoje, incluindo mudanças climáticas, urbanização e preservação da saúde de nossos oceanos e florestas, por exemplo.

“A própria engenharia precisa se transformar para ser mais inovadora, inclusiva, cooperativa e responsável”, afirma o documento. Um novo paradigma para a engenharia é, portanto, urgentemente necessário, que faça a ponte entre as divisões tradicionais entre as disciplinas e que seja inter e multidisciplinar em sua abordagem, permitindo que a engenharia trate de questões complexas como as mudanças climáticas. Além disso, os engenheiros precisam entender e assumir sua responsabilidade social, contribuindo para um mundo mais sustentável, resiliente e igualitário para todas as pessoas.

O relatório foi publicado pela UNESCO e contou com a colaboração da Academia Chinesa de Engenharia, do Centro Internacional de Educação em Engenharia (ICEE), com base na Tsinghua University, na Federação Mundial de Organizações de Engenharia (WFEO) entre outras organizações internacionais de engenharia.