Article

UNESCO celebra o poder da arte e da educação em todo o mundo

25/05/2020

À medida que o mundo começa a emergir da pandemia da COVID-19, a UNESCO destaca o incrível poder e a incrível resiliência da criatividade humana durante a Semana Internacional da Educação Artística de 2020.

O evento anual, que ocorre na quarta semana do mês de maio, ganha um novo significado este ano, pois 90% da população estudantil de todo o mundo, ou 1,6 bilhão de estudantes[1], estão sendo afetados pelo fechamento das escolas; além disso, os sítios do Patrimônio Mundial e as instituições culturais – como museus, teatros e cinemas – estão fechados, e os artistas estão lutando para manter seus meios de subsistência.

Mais do que nunca, a educação artística está sendo reconhecida como uma parte essencial de uma educação abrangente. A educação artística ajuda no avanço dos resultados da aprendizagem e no desenvolvimento de novas habilidades dos estudantes. Em tempos de crise, a educação artística é particularmente valiosa, pois, mesmo em um contexto de confinamento, ela inspira a criatividade, fornece apoio psicológico e constrói conexões entre as pessoas e as comunidades.

A educação artística também traz benefícios profundos e de longo prazo para os estudantes. Ajuda a alcançar as diversas necessidades de aprendizagem das crianças, abre caminho para a aprendizagem ao longo da vida e promove a diversidade cultural, que inclui resultados avançados da aprendizagem e a aquisição de novas habilidades, o que beneficia estudantes de todas as idades. Música, teatro, dança, artes visuais e educação em outras disciplinas artísticas criam resiliência, autoconfiança e bem-estar, além de estimularem a curiosidade, a inspiração, a criatividade e o respeito pela diversidade. Também podem apoiar o desenvolvimento infantil por meio de uma educação à distância de qualidade, com o uso de plataformas digitais.

Em sua nota técnica, disponível para download (abaixo), e em sua página dedicada à educação artística, a UNESCO seleciona uma ampla gama de boas práticas, metodologias, ferramentas e atividades pedagógicas que são desenvolvidas em todo o mundo no campo da educação artística, para ajudar todos os interessados em suas reflexões e ações sobre esse importante tema. Também participam da iniciativa a Rede de Escolas Associadas da UNESCO, que conecta mais de 11,5 mil instituições em 182 países, e a Aliança Mundial para Educação Artística (World Alliance for Arts Education), que possui 3 milhões de membros em todo o mundo.

A UNESCO apoia duas formas de educação artística: aprender as artes (ensino e aprendizagem das artes visuais e cênicas) e aprender por meio das artes (integração das artes na educação para melhorar e elevar o nível da aprendizagem). A educação artística também intensifica, de maneira transversal, o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial o ODS 4, sobre educação de qualidade; o ODS 5, sobre igualdade de gênero; o ODS 8, sobre melhorar as oportunidades de trabalho e emprego decente por meio da cultura e da criatividade; tudo isso no espírito do ODS 16, sobre a mitigação de conflitos e a construção da paz.

[1]How COVID-19 is changing the world: a statistical perspective

Sobre a Semana Internacional de Educação Artística

Conforme decisão da 36a sessão da Conferência Geral da UNESCO, realizada em 2011 (Resolução 36/C55), a quarta semana do mês de maio foi proclamada como a Semana Internacional da Educação Artística.

A arte, em toda a sua diversidade, é um componente essencial de uma educação abrangente para o pleno desenvolvimento do indivíduo. Atualmente, as habilidades, os valores e os comportamentos promovidos pela educação artística são mais importantes do que nunca. Essas competências – criatividade, colaboração e resolução imaginativa de problemas – desenvolvem a resiliência, incentivam a apreciação pela diversidade cultural e pela liberdade de expressão, e cultivam a inovação e as habilidades do pensamento crítico. Como um vetor de diálogo no sentido mais elevado, a arte acelera a inclusão social e a tolerância em nossas sociedades multiculturais e conectadas.

A arte nos aproxima ainda mais. Uma pintura, um artefato e uma música ancestral falam muito sobre a história das civilizações e dos laços que as unem. Isso nos faz sentir e entender o que une a humanidade na diversidade de suas culturas e expressões, o que contribui para que tenhamos um futuro brilhante e sustentável.

Essa consciência sobre a arte pode ser adquirida desde a tenra idade e mantida ao longo da vida. É com esta convicção de que a criatividade, as artes e a aprendizagem sobre elas contribuem para a construção de sociedades prósperas e pacíficas, que a UNESCO incentiva seus Estados-membros a apoiarem a educação artística, na escola e fora dela. A educação artística é a chave para formar gerações capazes de reinventar o mundo que herdaram, além de formar cidadãos tolerantes e dinâmicos. Ela apoia a vitalidade das identidades culturais e enfatiza seus vínculos com outras culturas, contribuindo assim para a construção de um patrimônio compartilhado.

Saiba mais:

A criatividade cria a resiliência de que precisamos em tempos de crise. Ela deve ser alimentada desde a mais tenra idade para liberar a imaginação, despertar a curiosidade e desenvolver o apreço pela riqueza do talento e da diversidade humana. A educação é onde isso começa

— Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, por ocasião da Semana Internacional da Educação Artístic

Mensagem completa da diretora-geral

Mensagem completa em formato PDF
English | Français | Español