UNESCO organiza evento global sobre água em megacidades

12/01/2022
06 - Clean Water and Sanitation

Debate online vai discutir soluções para o acesso à água em metrópoles. Dados apontam que, até 2030, 60% da população mundial viverá em áreas urbanas.

 

A UNESCO organiza nesta semana a Conferência Internacional sobre Água, Megacidades e Mudança Global, Water, Megacities and Global Change - Second International Conference. O evento online é gratuito e deve reunir mais de 2 mil participantes na busca por soluções para o acesso global à água, que se torna preocupante, especialmente nas zonas urbanas.

  • Clique aqui aqui para e fazer inscrições e conferir a programação.

Desafios

A UNESCO acredita que a diversidade de conhecimento e de recursos técnicos e financeiros existentes nas megacidades são uma oportunidade para criar soluções inovadoras e garantir o acesso à água e ao saneamento para todas as populações. De acordo com o secretário do Programa Hidrológico Intergovernamental da agência, Abou Amani, o encontro reunirá os atores do setor para construir soluções aos desafios relacionados à água que as megacidades enfrentam, especialmente com as mudanças climáticas e a pandemia. 

Abou Amani reforça que o trabalho realizado nesta conferência ecoa a principal prioridade da Divisão de Ciências da Água da UNESCO: usar a ciência para alcançar um mundo com água segura para todos.

Crescimento

A UNESCO estima que, até 2030, mais de 1 bilhão de pessoas devem viver em aproximadamente 100 grandes cidades e 60% da população mundial viverá em áreas urbanas.  

Atualmente, a proporção da população urbana em algumas regiões já ultrapassa 70% e a projeção é que o crescimento populacional nas próximas décadas seja maior nesses locais, particularmente nas regiões com mais de 10 milhões de habitantes.  

As megacidades são encontradas em todos os continentes, exceto na Oceania. Elas cobrem diversas áreas geográficas com uma ampla gama de climas e geralmente estão localizados perto de rios, lagos ou mares.