Article

Entrega de resultados da análise curricular do Estudo Regional Comparativo e Explicativo (ERCE 2019)

27/07/2020
04 - Quality Education

O Laboratório Latino-americano de Avaliação da Qualidade da Educação (LLECE), do Escritório Regional para a Educação na América Latina e no Caribe (OREALC/UNESCO Santiago), publicará os resultados da análise curricular do Estudo Regional Comparativo e Explicativo (ERCE 2019) durante um webinar que acontecerá no dia 28 de julho de 2020, às 11 horas (GMT-4).

O evento tratará sobre:

  • Os principais achados da análise curricular realizada em 19 países da América Latina e do Caribe, assim como os desafios que isso representa.

  • A importância da informação e do trabalho cooperativo para melhorar as políticas educacionais dos países da região, no marco da Agenda 2030.

  • A apresentação da nova plataforma web com dados do LLECE.

19

países

3

disciplinas

2

áreas de inovação

O relatório descreve o que 19 países da América Latina e do Caribe esperam que seus estudantes aprendam. Para chegar a essas conclusões, o OREALC/UNESCO Santiago, por meio do LLECE, juntamente com o Centro de Investigación Avanzada en Educación (CIAE) da Universidade do Chile, analisou e sistematizou os currículos vigentes dos países que participaram da primeira etapa do Estudo Regional Comparativo e Explicativo (ERCE 2019).

O ERCE 2019 é um estudo e larga escala, que avalia as conquistas de aprendizagem dos estudantes da América Latina e do Caribe. Seus resultados estarão disponíveis em meados de 2021. A análise curricular realizada no contexto deste estudo evidencia as visões e as tendências curriculares dos países participantes, que permitem compreender e contextualizar a avaliação. Atualmente, no contexto da pandemia da COVID-19, é um elemento que a UNESCO coloca à disposição para construir novos olhares sobre o que se espera que meninos e meninas aprendam, diante dos novos desafios e prioridades que os sistemas educacionais enfrentarão.

O estudo abrange três disciplinas básicas: linguagem, matemática e ciências naturais. Essas áreas foram analisadas a partir de três perspectivas: disciplinar, para se encontrar convergências nos conteúdos presentes nos currículos da região; pedagógica, que identifica abordagens e teorias subjacentes às propostas de ensino e aprendizagem; e avaliativa, que revela as ideias, as abordagens e as práticas de avaliação em cada uma dessas disciplinas.

Uma das novidades desta versão da análise curricular é que, pela primeira vez, e de forma investigativa, o relatório identifica a existência de conteúdos sobre a Educação para a Cidadania Global e a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, ambas componentes centrais das metas educacionais incluídas na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Os resultados desta análise permitirão que cada país possa refletir sobre os conteúdos a serem priorizados na aprendizagem das e dos estudantes nas salas de aula. Também procura questionar se tais conteúdos correspondem ao que os e as estudantes precisam para se desenvolver como cidadãos do século XXI e enfrentar os desafios da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. A pesquisa oferece um olhar sobre a realidade regional, ao expor como outros países abordam seus currículos, encontrando aí afinidades, diferenças e orientações.

Assista ao seminário aqui

Realizado no 28 de julho de 2020

Para profissionais de imprensa

Todos os documentos sobre este relatório

Entre em contato com:

Carolina Jerez Henríquez
Seção de Gestão do Conhecimento
Escritório Regional para a Educação na América Latina e no Caribe (OREALC/UNESCO Santiago)
c.jerez@unesco.org
+56992890175